3223 1678


Home - Notícia

Seminário promove debate sobre uso da tecnologia na segurança privada

04/09/2019

Seminário promove debate sobre uso da tecnologia na segurança privada

Florianópolis recebeu nesta terça-feira, 3 de setembro, evento nacional sobre segurança privada e eletrônica. O seminário técnico "O futuro da mão de obra da segurança privada face às novas tecnologias", promovido pelo Instituto Catarinense de Educação Profissional (ICAEPS) e Sindicato das Empresas de Segurança Privada de SC (Sindesp-SC), ocorreu no Hotel Slaveiro Baía Norte. O presidente do Instituto, Adm. Evandro Fortunato Linhares, deu às boas-vindas aos participantes e falou sobre a realização do seminário, "hoje será um dia de muito aprendizado sobre as novidades na área de segurança privada. O ICAEPS vive um novo momento, onde cada vez mais serão promovidos eventos e projetos sobre o setor. Nos próximos meses mais novidades serão apresentados a todos". 

O presidente do Sindesp-SC, Dilmo Wanderley Berger, também discursou na abertura oficial, exaltando o trabalho desenvolvido pelo ICAEPS nos últimos anos, "como entidade instituidora, parabenizamos o trabalho desenvolvido pela equipe do ICAEPS. A maneira de se fazer segurança está em transformação, nossos profissionais estão mudando e a inserção de tecnologias é imprescindível. Eventos como esse são fundamentais para atualização e capacitação de nossos colaboradores".

Duas explanações com renomados especialistas foram realizadas no seminário. Carlos Caruso, consultor com certificação internacional em segurança (ASIS) e mais de 30 anos de experiência na área, proferiu a primeira palestra. Com o tema "O futuro da mão de obra da segurança privada face às novas tecnologias", Caruso focou na capacitação e inserção de tecnologia nas empresas de segurança privada. "Inovar é mudar. Precisamos nos adaptar imediatamente às inovações. É fato consumado que as empresas de segurança que não se modernizarem não prosperarão nos próximos anos. A modernidade é leve, líquida, fluída e infinitamente mais dinâmica que a realidade sólida que suplantamos anteriormente".

O palestrante apresentou ferramentas inovadoras disponíveis no mercado que auxiliam empresas de segurança em todo o mundo, além de destacar quais serão as principais mudanças na área na próxima década, "as empresas terão de investir em capacitação e poderão explorar novos mercados para se manterem competitivas. Áreas como governança corporativa, serviços a idosos, prevenção de fraudes, análise de riscos e gerenciamento de crises entrarão na cartilha de serviços oferecidos", completou.

Fabrício de Melo Carniel comandou a atração de encerramento com a palestra "Tecnologia de reconhecimento biométrico através de imagens e o uso de drones na segurança privada". O palestrante possui mais de 20 anos de experiência no segmento de segurança eletrônica, com participação ativa em projetos de grande repercussão nacional. Em alta no mundo, o debate sobre reconhecimento facial na segurança pública, e também privada, divide a opinião de especialistas. Em sua explanação, Carniel discorreu sobre as tecnologias disponíveis e as possibilidades do uso responsável, seguindo a legislação vigente.

A apresentação se deu com o destaque para a regulamentação e exigências para o uso de drones no Brasil. Conhecidos como VANTs (Veículo Aéreo Não Tripulado), os drones podem ser aplicados na área de segurança privada para reconhecimento facial, autenticação de clientes, controle de acesso, controle de ronda, localização de criminosos, automação, controle de presença, entre outros. "A evolução dos sistemas de segurança biométrica nos levou a um grande avanço que garante a eficiência do reconhecimento facial. O futuro é promissor para quem se capacitar e buscar o conhecimento das novas tecnologias", finalizou.

O evento contou ainda com a apresentação da diretoria do ICAEPS e o lançamento do vídeo institucional que marca a nova fase do Instituto no estado catarinense. 



Notícias